Enercom

Login
Home » Notícias » Eficiência Energética » EDP diz que Estado é que é o alvo da investigação europeia
A+ R A-

EDP diz que Estado é que é o alvo da investigação europeia

Enviar por E-mail Versão para impressão
EDP diz que Estado é que é o alvo da investigação europeia 20-09-2013

A EDP disse que não é a parte interessada na investigação que Bruxelas abriu esta semana aos contratos de concessões de barragens assinados com o Governo em 2007.  Segundo uma fonte oficial da empresa citada pelo Dinheiro Vivo, o alvo direto do inquérito é o Estado.

"A EDP não é parte interessada, pelo que não comenta", disse a fonte, ressalvando que foi o Governo que definiu os termos do contrato e também o preço a pagar, que é, exatamente, o que está a ser investigado pela Comissão Europeia.

O executivo comunitário abriu um inquérito aprofundado para verificar as alegações relativas ao preço demasiado baixo pago em 2007 pela EDP para a extensão das concessões para a utilização dos recursos hídricos públicos.

A Comissão considera que os 759 milhões de euros pagos pela EDP não refletem o valor real do prolongamento da concessão e temem que ele possa ter sido reduzido artificialmente.

Entretanto, o Governo fez saber que que vai manter a «postura de total transparência e de total colaboração» com o executivo comunitário.

«O Governo português manterá a postura de total transparência e de total colaboração com a Comissão Europeia», disse uma fonte oficial do Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, citada no site da TVI 24, sem adiantar mais pormenores.


EE / Dinheiro Vivo / TVI 21

Login