Enercom

Login
Home » Notícias » Eficiência Energética » Central eólica paga multa de um milhão de dólares por provocar morte de aves migratórias
A+ R A-

Central eólica paga multa de um milhão de dólares por provocar morte de aves migratórias

Enviar por E-mail Versão para impressão
Central eólica paga multa de um milhão de dólares por provocar morte de aves migratórias 25-11-2013

A Duke Energias Renováveis foi considerada culpada pelo tribunal distrital de Wyoming por violar uma lei federal que protege a migração de pássaros.

Na ação, a empresa foi condenada por causar a morte de 14 águias douradas e dúzias de outros pássaros em dois projetos de geração de energia eólica, desde 2009. As águias douradas, comuns nas Grandes Planícies do oeste americano, chegam a medir 1,8 metros de uma asa a outra.

No acordo, a companhia ofereceu-se a pagar multas a vários grupos ambientais, além de fazer um plano de prevenção contra a morte de pássaros.

Segundo o Departamento de Justiça, a empresa foi considerada culpada porque, quando construiu as centrais de geração eólica, sabia que poderia causar a morte das aves.

A Duke declarou que já está a trabalhar com funcionários federais para limitar a perda de pássaros. Está a instalar um novo radar para detetar as revoadas e a recorrer a biólogos de campo para localizar as águias e determinar quando as turbinas devem ser desligadas.

“Queremos fornecer os benefícios da energia eólica com a maior responsabilidade ambiental possível”, declarou o presidente da subsidiária, Greg Wolf.


EE / Diário Digital

Login