Enercom

Login
Home » Notícias » Liberalização Energética » Mudança para o mercado liberalizado intensificou-se em janeiro a um ritmo diário de 7 650 novos consumidores
A+ R A-

Mudança para o mercado liberalizado intensificou-se em janeiro a um ritmo diário de 7 650 novos consumidores

Enviar por E-mail Versão para impressão

A mudança dos consumidores para o mercado liberalizado de eletricidade intensificou-se em janeiro com mais 237 158 consumidores a optarem por um comercializador de mercado, a um ritmo diário de 7 650 mudanças, num total acumulado que atinge já cerca de 1 milhão e 300 mil clientes.

O número de clientes em mercado livre cresceu 22% em janeiro e mais do que triplicou face a igual mês de 2012, tendo sido até à data o que registou o maior número de mudanças de sempre.

Em janeiro, o consumo em regime de mercado subiu 14,8% face ao mês homólogo de 2012, para 27 694 GWh, o que representa já 62% do consumo total de eletricidade do país.

Nos últimos meses continua a verificar-se um crescimento visível dos consumidores domésticos em mercado liberalizado, com mais de 232 mil a passarem para o mercado em janeiro, com o consumo a representar quase 15% do consumo total do mercado liberalizado.

Em termos de quotas de mercado, por consumo anualizado, a EDP Comercial lidera com 41,7%, apesar de ter registado também a maior quebra em janeiro com menos 0,4 pontos percentuais, seguida da Endesa, com 23,5% e da Iberdrola com 21,2%. O maior ganho de quota, na ordem dos 0,7 pontos percentuais, foi obtido pela Galp que passou para os 4,4%.

Em termos de número de clientes, a EDP Comercial lidera com uma quota de 81,8%, seguida da Endesa, com 10,2% e da Galp com 5,5%. À exceção da Gas Natural Fenosa, da Fortia e da Nexus, todos os comercializadores aumentaram a sua base total de clientes, com particular destaque para a Iberdrola, cujo acréscimo na sua base de clientes foi de 42%, e da Axpo Iberia (ex-EGL), com uma subida de 40%.

Para saber mais consulte Mercado Liberalizado – Situação a Janeiro de 2013


Login